Notícias

Copa do Brasil 2019 já garantiu R$ 13 milhões no futebol de SC

Só em prêmios a Copa do Brasil 2019 já garantiu para o futebol catarinense a quantia de R$ 13.510.000,00. O resultado é a soma dos valores que cada clube recebe da CBF por participar da competição. Por serem clubes da Série A do Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Avaí são os que mais faturaram até agora: R$ 3.280.000,00, cada um.
Santa Catarina começou a Copa do Brasil com a participação de sete clubes – Tubarão, Brusque, JEC, Criciúma, Figueirense, além de Chapecoense e Avaí. Juntos, receberam R$ 4.260.000,00. Na segunda fase, com quatro clubes, o valor caiu para R$ 3.100.000,00.
A próxima fase já garantiu R$ 4.200.000,00. Como Criciúma e Chapecoense disputarão uma vaga entre si, Santa Catarina já pode contar também com mais R$ 1.800.000,00, porque um dos dois estará na 4ª fase. Avaí vai disputar a vaga com o Vasco da Gama.
Os jogos da 4ª fase já estão definidos:
14/3 - Vasco x Avaí, em São Januário
27/3 – Chapecoense x Criciúma, na Arena Condá
10/4 – Avaí x Vasco, na Ressacada
10/4 – Criciúma x Chapecoense, no Heriberto Hulse
Os critérios de desempate serão o maior saldo de gols. Havendo igualdade, terá cobrança de pênaltis. Para a 4ª fase, os confrontos serão definidos através de sorteio.
HISTÓRICO
A largada dos catarinenses na Copa do Brasil deste ano foi inferior à do ano passado. Em 2018, só 1 clube foi eliminado na 1ª fase (o Brusque), contra três este ano (Tubarão, JEC e Brusque). Na segunda fase, o quadro mudou. Enquanto 3 catarinenses caíram nessa fase em 2018, este ano somente 1, o Figueirense. Em 2018, 1 clube foi eliminado na 3ª fase (Figueirense) e 1 na 4ª fase (Avaí). Como disputava a Libertadores, a Chapecoense entrou apenas na 5ª fase (oitavas de final). Passou pelo Atlético-MG e, depois de três anos, levou novamente um catarinense às quartas de final da Copa do Brasil. O último clube de SC que havia ficado entre os oito melhores da competição tinha sido o Figueirense, em 2015, quando acabou eliminado pelo Santos. A Chape também parou nas quartas de final e foi desclassificada por outro clube paulista, desta vez o Corinthians.
Nesta década, o Avaí foi um pouco mais longe, chegou às semifinais e caiu contra o Vasco da Gama, em 2011. A maior conquista de Santa Catarina na competição continua sendo do Criciúma, com o título de campeão em 1991.


Notícia enviada por: Paulo em 08/03/2019
Nesta segunda-feira, Criciúma está em festa. Tudo por causa do aniversário de 72...
Dos oito clubes catarinenses que entraram em campo na rodada deste final de sema...
Este sábado será uma data muito importante para o futebol profissional de Santa ...
Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina
Av. Gov. Ivo Silveira, 3.600 - sala 101 - Capoeiras
88085-002 - Florianópolis
Fone/Fax 48 - 3025.7858